Você sempre foi assim comigo: nunca me tratou bem, nunca doou o seu ombro para que eu chorasse quando as coisas ficavam difíceis para mim. Você sabe, eu sempre fui tão sensível, e você nem sequer mexeu um dedo para me segurar quando eu estava caindo do precipício. A maneira que você me olha nunca me pareceu verdadeiro, está descrito no seu rosto. Seus olhos negros nunca passaram disso: escuridão, medo e insegurança. Eu estive preso esse tempo todo em seus olhos. E depois de todo esse tempo, eu ainda não entendo. Eu não entendo como você consegue pedir para dizer que eu te amo, mas como eu posso dizer isso se a cada segundo que eu respiro você tenta cortar minha língua com suas mentiras? Por favor, acabe com isso. Essa tempestade pode acabar. Isso não vai parar enquanto você continua a disparar a arma. Então por favor, pare. Pare.
Alberto Lima. (via proezas)

(via proezas)



já se deu conta
de que se eu fosse uma calculadora
eu poderia entrar em pane
registrando
as infinitas vezes que você usou
esse olhar castanho-claro?

(via complementou)


(via anamendes17)




(via anamendes17)


(via anamendes17)


(via anamendes17)



 
 

 


 

(via moon-of-the-rainbow)


(via stoned-pals)


(via stoned-pals)



narrykilledmetoday:

The Niall and Harry hug and butt slap after he scored

(via caradelesagne)